LGBTQIA+

Segundo pesquisa realizada pela Antra (Associação Nacional de Travestis e Transexuais) em 2017, 90% das pessoas trans e travestis recorriam à prostituição como fonte de renda, consequência da exclusão do mercado de trabalho, cerca de 0,02% não tiveram acesso a um curso superior e 72% não possuem ensino médio, de acordo com dados do Projeto Além do Arco Íris (AfroReggae, 2013).

O Brasil é o país que mais mata pessoas trans no mundo, como Bancada Vegana, acreditamos que todas as formas de opressão estejam conectadas e embora nosso foco e experiência seja o desenvolvimento de projetos que tem o objetivo de libertar animais não humanos, temos o compromisso de manter a diversidade em nosso gabinete, e para além disso, elaborar campanhas e projetos que tornem acessíveis narrativas interseccionais. 

1. 

CURSOS PROFISSIONALIZANTES DE GASTRONOMIA VEGANA PARA PESSOAS TRANS. 

ultilização de equipamentos da prefeitura para as aulas em diferentes regiões da cidade.

  • Ícone do Facebook Preto
  • Ícone do Instagram Preto
  • whats (11) 9.5408-0828

criado por pessoas que amam animais